Dia de Rei: Cavs é campeão da NBA em uma final histórica. Lebron James é eleito MVP das Finais

Por: Paulo Arthur Corrêa

Pela primeira vez na história, o Cleveland Cavaliers conquista o título da NBA e, finalmente, LeBron James cumpre a promessa de dar o título a cidade de Cleveland. Ainda por cima, a equipe do Cavs leva o título pra casa com marcas históricas sendo quebradas, para o desespero dos torcedores do Warriors.

A equipe do Golden State Warriors tinha aberto 3-1 de vantagem na série final, tinha dois jogos em casa e um em Cleveland para decidir o título, precisava apenas de mais uma vitória, mas o Cavaliers fez o impossível e virou algo que nunca tinha acontecido na história. Três vitórias seguidas, com destaques para LeBron James e Kyre Irving, que fez o impossível se tornar possível.

Antes, apenas o Boston Celtics, em três ocasiões, teria conseguido vencer o adversário na casa do mesmo, pelo Jogo 7. Antes, 32 equipes estavam perdendo de 3-1 a série e nenhuma conseguiu a reviravolta, e na 33ª vez, o Cleveland Cavaliers consegue esse feito histórico, vira a série e vira pra cima do Warriors, que quebrou o recorde de vitórias na temporada regular (73-9) do Bulls de Michael Jordan, virou bonito para entrar pra história, uma final inesquecível! Um pedaço da história do basquete foi escrito no dia 19 de Junho de 2016.

13 anos após ter sido draftado pelo Cleveland Cavaliers, LeBron James consegue realizar aquilo que dele era esperado desde então: dar à cidade de Cleveland o primeiro título das ligas esportivas desde 1964. Eram 52 anos, mas com LeBron, nada pode temer o torcedor de Cleveland, finalmente podem comemorar um título.

Foi um Jogo 7 impressionante, digno de assistir todos os dias durante anos. LeBron fazendo um triplo-duplo, cestas e tocos em momentos decisivos. Irving matando uma bola de 3 a menos de um minuto para o fim, quando o jogo estava empatando em 89×89. Draymond Green jogando tudo que sabia e convertendo 32 pontos. Jogo apertado até o fim e no final, o Cleveland Cavaliers venceu por 93 a 89.

  • MVP DAS FINAIS:
Reprodução Facebook NBA Brasil
LeBron James foi eleito MVP das Finais pela 3ª vez (Foto: NBA Brasil)

Com atuações perfeitas durante todas as vitórias do Cavs, LeBron James foi eleito pela 3ª vez o MVP das Finais da NBA e disse: “Cleveland, essa é para vocês!”

Com o sétimo triplo-duplo do astro em Finais, ele terminou a última e decisiva partida com 27 pontos, 11 assistências e 11 rebotes. Foi o terceiro título de LeBron James na NBA. Os outros dois foram conquistados no Miami Heat, em 2012 e 2013, quando o jogador também foi eleito o MVP das finais.

  • Pecados do Golden State Warriors

Onde o Warriors errou? Uma temporada regular perfeita com 73-9 de recorde na NBA. Abriram 3-1 em uma final e recebeu três derrotas seguidas, algo que nunca havia acontecido em uma final de NBA.

Tudo começa pela obsessão. O time já havia classificado com muita antecedência em primeiro da Conferência Oeste e mesmo assim preferiu desgastar ao máximo os jogadores só porque buscava o tão sonhado recorde para ter uma moral a mais que o Chicago Bulls de Jordan e Pippen. Erraram feio os jogadores, o descanso seria vital, por exemplo, para Stephen Curry jogar 100% os Playoffs.

A perda de esportiva de Draymond Green também prejudicou muito a equipe, que acertou Steven Adams e LeBron James nas partes baixas durante os playoffs. Suspenso, o jogador não pode jogar o jogo 5 da decisão, jogo que era fundamental para o título do Warriors.

A empolgação também afundou a equipe do Warriors. Claramente, enxergava no olhar dos jogadores que eles achavam que a série estava ganha após abrir 2-0 com muita facilidade, quando abriram 3-1 o time relaxou e foi esmagado pelo Cavs. Outro caso foi Thompson dizer que o Warriors venceria fácil a equipe de Jordan, o que mostrava que o time já estava se sentindo em um patamar que não deveria se sentir.

  • Ressureição do Cavs
Reprodução Facebook Cavaliers
LeBron se mostrou muito emocionado com a vitória e o título. Foto: Reprodução Facebook Cavaliers

Após ser atropelado pelo Warriors na Final da temporada passada, o Cavs, sem muitas mudanças no elenco, entrou em quadra diferente para temporada 2015-2016. Sem chamar muita atenção da mídia, a equipe foi indo quieta e se aproximando. Fez ótima campanha na fase regular e atropelou Detroit Pistons e Atlanta Hawks na primeira fase dos Playoffs. Encontrou um pouco de dificuldade contra o Toronto Raptors, mas mesmo sim avançou. E chegou na Final e consegue com a força de LeBron James, Irving e todo o elenco virar uma série que já era dada como ganha pelos torcedores do Warriors.

O time se reajustou com a chegada do treinador Tyron Lue. Antes era um time displicente, qualquer um arremessava e de qualquer lugar e nessa temporada foi diferente, a bola rodava muito bem com jogadas trabalhadas e era sempre finalizada por LeBron, Irving, JR Smith ou Tristan Thompson.

Nos Playoffs a equipe conseguiu se reajustar também, sofrendo nas primeiras partidas contra o Warriors por causa da “turma do terrão”, o treinador passou a usar apenas os jogadores titulares e 2 ou 3 reservas durante toda a partida, não rodando muito a equipe. Então houve um sacrifício enorme dos atletas para se manter bem o jogo todo e virar um 3-1 que era dado como impossível.

LeBron ganhou o respeito de muitos nessa final. O camisa 23 colocou a bola debaixo do braço com seu time à beira do fracasso novamente e ganhou seu terceiro anel na NBA. Stephen Curry pode ganhar MVP’s, mas LeBron mostrou que o verdadeiro rei do mundo do basquete é ele!

Quando o cara perde um título, começa os julgamentos! Mas no caso do Curry é fato, por que o que vimos em Kobe, Pierce e LeBron, é que todos eles foram autossuficientes para serem campeões e eram jogadores All-Around. Curry, até agora se mostrou ser um grande chutador! Quando o time mais precisou ontem, ele deu um AirBall no fim da partida!

Parabéns a Irving, Parabéns a LeBron.