Vá com Deus!

Foto: Nelson Perez/ Fluminense
O ex-capitão vai deixar saudade – Foto: Nelson Perez/ Fluminense

Como costumo dizer: tem noite que não é dia!

E ontem foi uma dessas noites, quando fui pego de surpresa com a, para mim, triste notícia da saída de Fred para o Atlético-MG. Com o adeus do cara que considero o maior ídolo da história do Fluminense.

Triste notícia, sim, para mim e para grande parte dos tricolores. Hoje, vi alguns dizendo coisas como “vá com Deus”, “já estava na hora” e “faz tempo que não faz nada”. Vejo como as pessoas se negam a serem saudosistas e recordarem as alegrias que você lhes deu, os seus gols importantíssimos que comemoraram e as brigas que comprou pelo Fluminense.

Não fico chateado pelo fato dele sair após declarar diversas vezes que encerraria a carreira no Tricolor ou por estar perdendo um líder dentro de campo. Muito menos por estar indo reforçar um rival no Brasileirão.

O que me entristece é estar saindo pela porta dos fundos, sem ao menos se despedir, agradecer, se desculpar e outros tantos verbos que eu poderia utilizar aqui.

O Fluminense não merecia isso. Você não merecia isso, Fred. E muito além, você não precisava disso.

Hoje o Fluminense se despede de você. E sabemos que, assim como nós somos a história, você faz parte dela. Escreveu capítulos que nenhum outro jogador ou outra pessoa poderia escrever.

Sua idolatria é comprovada pelo o fato de eu ver flamenguistas, vascaínos, botafoguenses e torcedores de diversos outros times rindo, fazendo piada.

Assim como também vejo alguns dando graças a Deus por estar saindo, pois é um carrasco a menos quando enfrentarem o Fluminense ou até mesmo dizendo que queriam que fosse para seus times.

As duas formas me fazem ver o quão grande você é. O quão grande você foi para o Fluminense. O quanto eles têm medo de você.

Obrigado, capitão. Que seja feliz e vá com Deus.  Mas que vá sabendo que nenhuma outra torcida te abraçará ou te defenderá conforme fizemos depois da Copa do Mundo.

Seu nome está para sempre na história do Fluminense e o do Fluminense está na sua. E isso jamais será apagado.

Saudações Tricolores.

Por: Marcelo Ribeiro

Foto: Nelson Perez/ Fluminense